Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hotelaria e Turismo PT

Novidades, curiosidades, notícias e tendências. Para opiniões reais sobre hotéis e restaurantes, siga a nossa rúbrica: Viagens a 2!

Hotelaria e Turismo PT

Novidades, curiosidades, notícias e tendências. Para opiniões reais sobre hotéis e restaurantes, siga a nossa rúbrica: Viagens a 2!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Melhore o Website Oficial do seu Hotel urgentemente!

O Website Oficial do seu Hotel é prioritário! 

 

Para muitos pode parecer um dado adquirido e até soar a antigo, mas a realidade é que a grande maioria dos websites de hoteis não estão preparados para ganhar clientes!

 

Não sendo a tecnologia uma parte primordial da vida de um hoteleiro, muitos donos de hotéis dão pouca importância ao estado e bom funcionamento do seu website oficial, fazendo que a tão falada dependência de Agências de Viagens, especialmente as Online ou OTAs, seja cada vez maior e mais acentuada. Isso por sua vez, faz com que capacidade negocial dessas agências seja cada vez maior, acabando tudo por se tornar um ciclo vicioso imparável que em última análise corroi a rentabilidade do próprio hotel.  

 

Simbolo-Autentico

 

 

Porque o website oficial do seu hotel pode ser o seu melhor amigo

 

Imagine-se a contratar para o seu hotel um(a) vendedor(a), que estivesse disposto(a) a trabalhar 24 horas por dia, 7 dias por semana e que simultaneamente este mesmo vendedor fosse aquele que menos comissões lhe cobrava e um dos que mais vendia.

 

Agora, pense que precisa de não apenas um vendedor mas também de um promotor, alguém com a mesma disponibilidade e que passasse sempre correctamente a mensagem estratégica que definiu para os seus clientes, para o seu negócio?

 

 

Gostava de contratar um colaborador assim?

 

É muito provável que a resposta seja SIM, mas a verdade é que esse colaborador já existe! Este vendedor / promotor é exactamente o seu website oficial ou o seu website de marca.

 

Este canal de vendas é ou pode ser um dos maiores aliados do seu negócio, porque:

  • Disponibiliza informação fiável de forma rápida sobre o seu hotel;
  • Está sempre disponível, 24 horas por dia, 7 dias por semana;
  • Entra em contacto com audiência altamente relevante;
  • “Sabe” o idioma dos seus principais clientes;
  • “Reconhece” os seus clientes fidelizados e trata-os de forma diferenciada;
  • É um garante da boa comunicação da sua estratégia e dos valores da sua marca;
  • É uma importante fonte de receitas de alojamento e F&B (alimentação e bebidas);

 

 

Ou o seu pior inimigo...

 

Todos os pontos acima, dados como positivos e aliados, são os mesmos que se podem virar contra si senão veja:

 

Informação fiável e rápida

 

A rapidez é um dos pontos mais importantes de um website, seja ele desktop ou mobile. A velocidade de carregamento é tão importante que o Google dá prioridade de posicionamento nos seus rankings aos websites mais rápidos.

Acontece o mesmo com a fiabilidade. Informação precisa, correctamente escrita e bem referenciada tem tendência a estar mais visível.

Se o seu website é lento a carregar, apresenta pouca informação útil ou até mal escrita é muito provável que o número de visitantes repetentes vá baixando com o tempo. É o que acontece quando se desilude alguém...

 

please-come-back.jpg

 

 

 

Disponível 24 horas por dia

 

Se o seu website, ou o servidor onde o seu website está alojado não estiver sempre disponível (chama-se a isto uptime), o mais certo é causar irritação a quem tenta aceder a ele. Se o seu downtime for alto, é certo que potenciará quebras de rentabilidade, vendas e mesmo danos na sua reputação. Muitos clientes que recorrentemente encontram o seu website oficial “em baixo”, recorrem a websites não–oficiais (que não o seu próprio), como são os casos da Booking.com, Expedia ou TravelRepublic.

 

aberto-24-horas.jpg

 

 

 

A sua audiência é extremamente relevante

 

Quando um cliente pesquisa incontáveis listas de resultados num qualquer website de uma agência de viagens online (OTA), não está especificamente a pesquisar por si. O mesmo já não acontece quando um cliente “aterra” no seu website de marca. A maior parte das vezes, esse cliente apenas chegou ali porque pesquisou directamente pela sua marca ou pelo nome do seu hotel. Seja qual for o caso, é um cliente muito mais valioso do que qualquer outro que apenas esteja à procura de opções de alojamento, sem saber ao certo o que quer.

 

Também a probabilidade de conversão aqui é muito maior. Esta é a principal razão pela qual muitas OTAs fazem publicidade directamente pelo seu nome em motores de busca como o Google ou o Bing. Se permitir que o façam em concorrência consigo, ou pior ainda sozinhas, uma boa parte dos clientes que iriam directamente para si sem custos de intermediação irão passar a vir através dessas agências.

 

 

“Fale” no idioma correcto

 

É fundamental “falar” com os seus clientes no idioma nativo dos mesmos, especialmente se estivermos a falar daqueles que representa a maior fatia da sua faturação, os seus clientes de topo.

 

Um website “feito” correctamente, deverá detectar automaticamente o idioma mais adequado a apresentar a cada utilizador individual que a ele acede. Isto é feito através de um pequeno “script” (pedaço de código) em Java que lê o idioma preferencial definido no browser (Chrome, Internet Explorer, Mozilla ou outro) que está a ser utilizado pelo seu cliente.

 

Quando apresentamos o idioma nativo a cada visitante único, aumentam as probabilidade de conversão (venda ou qualquer outra ação desejada) dessa visita. Ao mesmo tempo, quando apresentamos um idioma “diferente”, existe menor segurança e conforto por parte do cliente, o que se traduz em menos conversões.

 

É claro que nem sempre é possível apresentar o idioma nativo de cada cliente. Imaginemos que um cliente Italiano entra no seu website, mas que o mercado Italiano está fora do seu TOP10 de clientes.  Nestes casos, talvez não se justifique investir em apresentar o idioma Italiano no seu website, mas pode facilmente predefinir para essas situações que o idioma preferencial a apresentar será sempre aquele com maior probabilidade de ser entendido, como o idioma Inglês por exemplo.

 

And-maybe-one-day-you-will-understand-me.jpg

 

 

 

Reconheça e recompense os seus clientes leais

 

Inevitavelmente teriamos de falar sobre os programas de lealdade. Sendo uma prática muito comum na área do Turismo e particularmente na Hotelaria, nem sempre são facilmente vistos os benefícios directos de ter um programa destes. Por isso, muitos hotéis optam por não ter um.

 

Sobre isso, temos apenas 2 coisas a dizer:

  1. Se não fosse benéfico ter programas de fidelização de clientes, gigantes como a Booking, Expedia, Hilton ou a Accor não o teriam;
  2. Nem todos os programas de fidelização são iguais, por isso, alguns funcionam e outros simplesmente…não funcionam;

 

A forma mais fácil de reconhecer um cliente habitual quando ele acede ao seu website é através de um acesso diferenciado. Para o seu cliente estar disposto a colocar uma password e um nome de utilizador sempre que acede ao seu website, tem de ganhar algo com isso (a velha máximo do What’s-in-it-for-me). Seja um desconto na reserva do quarto, na alimentação, um upgrade ou a possibilidade de escolher o tipo de almofadas e de colchão da cama onde vai dormir, o importante é que ele valorize esse extra que recebe.

 

 

O local ideal para vender pacotes específicos

 

Quem trabalha em hotelaria e mais especificamente na área da contratação hoteleira, sabe que os agentes de viagens e operadores gostam de vender programas e pacotes simples, que estejam disponíveis pelo máximo de tempo possível e que não tenham muitos componentes a complicar. Dois exemplos de um pacote ou programa simples:

- Pacote de Estadia com Refeição Incluída;

- Programa de Reveillon, com Estadia e Jantar de Gala;

Quando se começa a adicionar a oferta de bilhetes no Elétrico, viagens de Segway, entradas de Teatro e tudo sujeito a confirmação, é quando surgem os problemas.

 

O seu website oficial é o local certo para vender este tipo de pacotes específicos que dificilmente terão honras de homepage numa normal agência.

 

 

Concluindo…

 

O seu website oficial não pode ser “terra de ninguém”, lembre-se que precisa dele, faz-lhe falta! É uma mais valia enorme, tem de ter uma estratégia clara e para isso, precisa de lhe dedicar tempo e recursos.

 

i-need-you-so-badly-writen-hands.jpg