Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Hotelaria e Turismo PT

Novidades, curiosidades, notícias e tendências. Para opiniões reais sobre hotéis e restaurantes, siga a nossa rúbrica: Viagens a 2!

Hotelaria e Turismo PT

Novidades, curiosidades, notícias e tendências. Para opiniões reais sobre hotéis e restaurantes, siga a nossa rúbrica: Viagens a 2!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mega negócio EXPEDIA-ORBITZ confirma-se!

2015 está a confirmar-se como o Annus Magnus da EXPEDIA!

Fusão Expedia Orbitz 

Depois de em Julho de 2014 a Expedia ter comprado o Grupo Wotif por $658M (577M€ à cotação actual) e em Janeiro de 2015 ter concluído a compra da Travelocity por $280M (245M€), confirmou-se esta semana que a Comissão da Concorrência dos Estados Unidos não irá colocar entraves à compra da Orbitz pela Expedia por $1,3Bn (1,14Bn €).


Este mega negócio entre a Expedia e a Orbitz já tinha sido anunciado em fevereiro 2015 mas devido à potencial disrupção de mercado que poderia causar no E.U.A. (com esta compra, a Expedia passa a controlar 75% do mercado das OTAs), a AHLA American Hotel and Lodging Association pronunciou-se sobre a fusão e solicitou à comissão da concorrência dos EUA # o seu parecer. A comissão colocou durante quase 7 meses uma pausa forçada no negócio, até agora.

 

É claro que existe o receio de que particularmente nos EUA, a Expedia uso da sua força dominante para manter ou aumentar as comissões praticadas junto dos hotéis, ou mesmo por aplicar cláusulas leoninas (que favorecem desproporcionalmente uma das partes contratantes) em seu favor.


# Entidade reguladora Estaduniense debaixo da jurisdição do Departamento de Justiça que controla e regula as empresas a actuar no mercado dos EUA de modo a prevenir práticas anti-concorrenciais e a garantir a concorrência saudável e justa em benefício dos consumidores.

 

Nos EUA existem leis que:

1. Penalizam e impedem a formação de cartéis e proibem práticas restritivas de mercado ou de definição de preços que se considera desvirtuarem o mercado livre e/ou prejudicam o consumidor final;

2. Restringem as fusões e aquisições de empresas ou de organizações com fins lucrativos que poderiam reduzir a competitividade dos mercados;

3. Proibem a formação de monopólios comerciais e do abuso do poder de força dominante;

 

Esta entidade, no que respeita às regras da concorrência é muito semelhante à nossa AdC - Autoridade da Concorrência, que apesar de não intervir habitualmente em Hotelaria – devido à dificuldade de estabelecer em Hotelaria a aplicabilidade de Monopólio e/ou abuso de força dominantes - é bastante interveniente noutros casos que podem desvirtuar a competitividade ou livre concorrência do mercado.

 

Fontes: Tnooz.com, Skift.com, Justice.gov e Wikipedia.org 

 

1 comentário

Comentar post