Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Hotelaria e Turismo PT

Novidades, curiosidades, notícias e tendências. Para opiniões reais sobre hotéis e restaurantes, siga a nossa rúbrica: Viagens a 2!

Hotelaria e Turismo PT

Novidades, curiosidades, notícias e tendências. Para opiniões reais sobre hotéis e restaurantes, siga a nossa rúbrica: Viagens a 2!

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

SEO para hotéis – Mitos, Erros e Dicas

dicas de seo para hotéis

 

 

A prática de SEO para hotéis é uma das principais práticas que deve ter em mente, para melhorar o posicionamento orgánico (não pago) do seu hotel nos motores de busca. Como em Portugal, o Google representa +95% do total de pesquisas, apenas nos iremos focar em posicionamento SEO para o Google, no entanto, as regras são válidas para qualquer outro motor de busca.

 

O SEO ou Search Engine Optimization é a otimização para motores de busca, neste caso específico, associado a websites de hotéis individuais ou de cadeias hoteleiras.

 

O Google tem na indústria hoteleira um dos seus principais geradores de receita via anúncios pagos, também conhecidos por AdWords. Devido à enorme concorrência existente nesta indústria, o custo por click (a forma como AdWords é cobrado a quem publicita) é geralmente elevado e nalgumas pesquisas, pode chegar a valores de 5-6€ por click.

 

É importante referir aqui que um click de forma alguma equivale a uma reserva. Como vai sendo cada vez mais comum que num processo de procura, um cliente pesquise em 7, 8 ou mais websites antes de se decidir sobre o hotel que pretende reservar, torna-se fácil explicar a cada vez maior fixação dos hoteleiros pelo SEO para hotéis.

 

 

 

Mitos e erros sobre o SEO - para hotéis e não só

 

Existem muitos mitos associados a SEO e honestamente, são tantos que nem vale a pena falar em todos eles. Mas há 2 mitos e 1 erro grave que gostaría de desfazer já:

 

  1. MITO: O SEO é apenas para grandes empresas;
  2. MITO: Em SEO para Hotelaria, é impossível concorrer contra as OTAs e as cadeias hoteleiras;
  3. ERRO GRAVE: Aceitar que lhe prometam as primeiras posições nos motores de pesquisa;  

 

O SEO não é apenas para grandes empresas!

É indiscutível que o SEO demora tempo, requer paciência e acima de tudo know-how, mas isso não significa que não seja aplicável a um pequeno hotel ou mesmo a um alojamento local. A chave para fazer o SEO funcionar para o seu hotel é por se focar em otimizar o seu website para as palavras-chave que realmente são mais relevantes e fazem sentido para o seu negócio!

 

Raciocínio rápido:

Imagine que tem um hotel boutique na Baixa de Lisboa. Acha que seria útil otimizar uma página do seu website para pesquisas por palavras chave como “hotel em Lisboa” ou  “hotéis em Lisboa”? Claro que não!

Nessa fase de pesquisa, é muito provável que o utilizador esteja à procura de várias opções de alojamento disponíveis na região de Lisboa. Faz muito mais sentido que seja apresentado ao cliente uma listagem de uma OTA (Online Travel Agent ou Agente de Viagens Online) ou qualquer outra listagem com bastante informação sobre os diferentes tipos de hotéis, hostels e outros tipos de alojamento, bem como classificações por comentários e preços associados.

 

Dica:

Foque os seus esforços de optimizaçao SEO para hotéis nas pesquisas mais directamente relacionadas com o seu produto/serviço. Usando o exemplo acima, seria muito mais útil que se focasse em palavras-chave como “hotel boutique baixa lisboa”, “boutique hotel baixa lisboa”, etc...

 

 

É possível concorrer com as grandes OTAs e cadeias hoteleiras!

Claro que as OTAs e as cadeias hoteleiras tem acesso a recursos que um hotel independente não dispõe. Ainda assim, isso não significa que seja impossível concorrer e ganhar-lhes! Na verdade, no que respeita aos hotéis e SEO, é mesmo possível ganhar esta batalha.

 

Isso acontece porque o Google não olha para o tamanho do hotel, mas sim para a sua relevância. Ou seja, o Google limita-se a tentar responder o melhor que sabe a perguntas que os seus utilizadores lhe fazem.

 

Quando alguém pesquisa por “hotel boutique na baixa de lisboa”, o algoritmo do Google vai procurar por diversos factores que o ajudam a identificar bons resultados para essa pesquisa. Se quiser saber alguns dos principais critérios associados, escusa de procurar muito porque o próprio Google explica.

 

 

Desconfie SEMPRE de alguém que lhe promete que o seu website vai ficar nas primeiras posições

Simplesmente é impossível prometer que o seu website vai ficar numa determinada posição no Google. Porquê? Porque isso não está dentro do controle de nenhum especialista em SEO, independentemente de quão bom ele seja. Se não concorda, veja o que a Google diz sobre SEOs desonestos aqui.  

  

 

seo desonesto - seo para hoteis

 

Clarinho como a água...

e ainda assim ainda há quem assegure primeiras posições...

lá se vai a certificação de Google Partner Srs. da AdStrategy!!!

 

seo para hoteis - otimizacao para motores de busca

 

Está mesmo visto que é malta de confiança, não é?

 

 

Dicas de SEO para Hotéis

 

Apesar de o Google explicar genericamente o que pode ser feito para otimizar o posicionamento orgánico de um website, a verdade é que cada indústria é diferente e tem as suas peculiaridades, por isso, resolvi dar aqui 5 exemplos de boas práticas de SEO para hotéis:

 

  • Conteúdo único, relevante e sempre actualizado;
  • Uma arquitectura de informação bem planeada e executada, permite que o seu website seja fácilmente utilizado por quem acede a ele e ao mesmo tempo, permite que as pequenas aranhas do Google (GoogleBot) leiam e associem correctamente toda a informação presente;
  • Boas referências com links de outros websites (de preferência da mesma área de actividade, como por exemplo do Guia Michelin ou de Directórios de Hotéis) fazem com que o seu website seja “bem-visto” pelo Google;
  • Uma boa utilização de metatags, ajudam o Google a identificar bem as diferentes perguntas (lembra-se) a que o seu website responde;
  • Utilizar redes sociais para se envolver com os seus clientes (actuais e futuros) e quando faça sentido, importar comentários relevantes directamente dessas redes sociais para o seu site de hotel permite adicionar conteúdo actualizado e ao mesmo tempo acrescentam validação social;
  • Utilizar boas fotos e vídeos que possam depois ser partilhadas, permite conduzir tráfego de qualidade e potenciais novs compradores para o seu website;

 

Existem muito mais coisas a fazer claro, mas estas são algumas delas. Acima de tudo, é importante dedicar tempo a esta temática porque as pesquisas em motores de busca representam uma fatia importante das vendas através de canais online e uma boa abordagem, pode ser a diferença entre vender umas centenas ou uns milhares de euros a mais!

 

Um abraço

João