Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Hotelaria e Turismo PT

Novidades, curiosidades, notícias e tendências. Para opiniões reais sobre hotéis e restaurantes, siga a nossa rúbrica: Viagens a 2!

Hotelaria e Turismo PT

Novidades, curiosidades, notícias e tendências. Para opiniões reais sobre hotéis e restaurantes, siga a nossa rúbrica: Viagens a 2!

Seg | 01.08.16

Porque melhorar o website do seu Hotel?

O Website Oficial do seu Hotel é prioritário! 

 

Para muitos pode parecer um dado adquirido e até soar a antigo, mas a realidade é que uma parte significativa dos websites de hotéis não estão preparados para ganhar clientes!

 

Não sendo a tecnologia uma parte primordial da vida de um hoteleiro, muitos donos de hotéis dão pouca importância ao estado e bom funcionamento do seu website oficial, fazendo que a tão falada dependência de Agências de Viagens, especialmente as Online ou OTAs, seja cada vez maior e mais acentuada. Isso por sua vez, faz com que a capacidade negocial dessas agências seja cada vez maior, acabando tudo por se tornar um ciclo vicioso imparável que em última análise corroi a rentabilidade do próprio hotel.  

 

Simbolo-Autentico

 

 

Porque o website oficial do seu hotel pode ser o seu melhor amigo?

 

Imagine-se a contratar para o seu hotel um(a) vendedor(a), que estivesse disposto(a) a trabalhar 24 horas por dia, 7 dias por semana e que simultaneamente este mesmo vendedor fosse aquele que menos comissões lhe cobrava e um dos que mais vendia.

 

Agora, pense que precisa de não apenas um vendedor mas também de um promotor, alguém com a mesma disponibilidade e que passasse sempre correctamente a mensagem estratégica que definiu para os seus clientes, para o seu negócio?

 

 

Gostava de contratar um colaborador assim?

 

É muito provável que a resposta seja SIM, mas a verdade é que esse colaborador já existe! Este vendedor / promotor é exactamente o seu website oficial ou o seu website de marca.

 

Este canal de vendas é ou pode ser um dos maiores aliados do seu negócio, porque:

  • Disponibiliza informação fiável de forma rápida sobre o seu hotel;
  • Está sempre disponível, 24 horas por dia, 7 dias por semana;
  • Entra em contacto com audiência altamente relevante;
  • “Sabe” o idioma dos seus principais clientes;
  • “Reconhece” os seus clientes fidelizados e trata-os de forma diferenciada;
  • É um garante da boa comunicação da sua estratégia e dos valores da sua marca;
  • É uma importante fonte de receitas de alojamento e F&B (alimentação e bebidas);

 

 

Ou o seu pior inimigo...

 

Todos os pontos acima, dados como positivos e aliados, são os mesmos que se podem virar contra si senão veja:

 

Informação fiável e rápida

 

A rapidez é um dos pontos mais importantes de um website, seja ele desktop ou mobile. A velocidade de carregamento é tão importante que o Google dá prioridade de posicionamento nos seus rankings aos websites mais rápidos.

Acontece o mesmo com a fiabilidade. Informação precisa, correctamente escrita e bem referenciada tem tendência a estar mais visível.

Se o seu website é lento a carregar, apresenta pouca informação útil ou até mal escrita é muito provável que o número de visitantes repetentes vá baixando com o tempo. É o que acontece quando se desilude alguém...

 

please-come-back.jpg

 

 

 

Disponível 24 horas por dia

 

Se o seu website, ou o servidor onde o seu website está alojado não estiver sempre disponível (chama-se a isto uptime), o mais certo é causar irritação a quem tenta aceder a ele. Se o seu downtime for alto, é certo que potenciará quebras de rentabilidade, vendas e mesmo danos na sua reputação. Muitos clientes que recorrentemente encontram o seu website oficial “em baixo”, recorrem a websites não–oficiais (que não o seu próprio), como são os casos da Booking.com, Expedia ou TravelRepublic.

 

aberto-24-horas.jpg

 

 

 

A sua audiência é extremamente relevante

 

Quando um cliente pesquisa incontáveis listas de resultados num qualquer website de uma agência de viagens online (OTA), não está especificamente a pesquisar por si. O mesmo já não acontece quando um cliente “aterra” no seu website de marca. A maior parte das vezes, esse cliente apenas chegou ali porque pesquisou directamente pela sua marca ou pelo nome do seu hotel. Seja qual for o caso, é um cliente muito mais valioso do que qualquer outro que apenas esteja à procura de opções de alojamento, sem saber ao certo o que quer.

 

Também a probabilidade de conversão aqui é muito maior. Esta é a principal razão pela qual muitas OTAs fazem publicidade directamente pelo seu nome em motores de busca como o Google ou o Bing. Se permitir que o façam em concorrência consigo, ou pior ainda sozinhas, uma boa parte dos clientes que iriam directamente para si sem custos de intermediação irão passar a vir através dessas agências.

 

 

“Fale” no idioma correcto

 

É fundamental “falar” com os seus clientes no idioma nativo dos mesmos, especialmente se estivermos a falar daqueles que representa a maior fatia da sua faturação, os seus clientes de topo.

 

Um website “feito” correctamente, deverá detectar automaticamente o idioma mais adequado a apresentar a cada utilizador individual que a ele acede. Isto é feito através de um pequeno “script” (pedaço de código) em Java que lê o idioma preferencial definido no browser (Chrome, Internet Explorer, Mozilla ou outro) que está a ser utilizado pelo seu cliente.

 

Quando apresentamos o idioma nativo a cada visitante único, aumentam as probabilidade de conversão (venda ou qualquer outra ação desejada) dessa visita. Ao mesmo tempo, quando apresentamos um idioma “diferente”, existe menor segurança e conforto por parte do cliente, o que se traduz em menos conversões.

 

É claro que nem sempre é possível apresentar o idioma nativo de cada cliente. Imaginemos que um cliente Italiano entra no seu website, mas que o mercado Italiano está fora do seu TOP10 de clientes.  Nestes casos, talvez não se justifique investir em apresentar o idioma Italiano no seu website, mas pode facilmente predefinir para essas situações que o idioma preferencial a apresentar será sempre aquele com maior probabilidade de ser entendido, como o idioma Inglês por exemplo.

 

And-maybe-one-day-you-will-understand-me.jpg

 

 

 

Reconheça e recompense os seus clientes leais

 

Inevitavelmente teriamos de falar sobre os programas de lealdade. Sendo uma prática muito comum na área do Turismo e particularmente na Hotelaria, nem sempre são facilmente vistos os benefícios directos de ter um programa destes. Por isso, muitos hotéis optam por não ter um.

 

Sobre isso, temos apenas 2 coisas a dizer:

  1. Se não fosse benéfico ter programas de fidelização de clientes, gigantes como a Booking, Expedia, Hilton ou a Accor não o teriam;
  2. Nem todos os programas de fidelização são iguais, por isso, alguns funcionam e outros simplesmente…não funcionam;

 

A forma mais fácil de reconhecer um cliente habitual quando ele acede ao seu website é através de um acesso diferenciado. Para o seu cliente estar disposto a colocar uma password e um nome de utilizador sempre que acede ao seu website, tem de ganhar algo com isso (a velha máximo do What’s-in-it-for-me). Seja um desconto na reserva do quarto, na alimentação, um upgrade ou a possibilidade de escolher o tipo de almofadas e de colchão da cama onde vai dormir, o importante é que ele valorize esse extra que recebe.

 

 

O local ideal para vender pacotes específicos

 

Quem trabalha em hotelaria e mais especificamente na área da contratação hoteleira, sabe que os agentes de viagens e operadores gostam de vender programas e pacotes simples, que estejam disponíveis pelo máximo de tempo possível e que não tenham muitos componentes a complicar. Dois exemplos de um pacote ou programa simples:

- Pacote de Estadia com Refeição Incluída;

- Programa de Reveillon, com Estadia e Jantar de Gala;

Quando se começa a adicionar a oferta de bilhetes no Elétrico, viagens de Segway, entradas de Teatro e tudo sujeito a confirmação, é quando surgem os problemas.

 

O seu website oficial é o local certo para vender este tipo de pacotes específicos que dificilmente terão honras de homepage numa normal agência.

 

 

Concluindo…

 

O seu website oficial não pode ser “terra de ninguém”, lembre-se que precisa dele, faz-lhe falta! É uma mais valia enorme, tem de ter uma estratégia clara e para isso, precisa de lhe dedicar tempo e recursos.

 

i-need-you-so-badly-writen-hands.jpg

 

DICA PRO 2021: procure uma empresa de criação de sites, de preferência com experiência em sites de hotéis, e peça-lhes um orçamento. Pode ser que até fique surpreso com os bons preços que pode encontrar, especialmente agora que estamos no meio de uma pandemia!

Algumas empresas em quem confiamos e que criam sites de reservas online para hotéis:

 

Artigo actualizado em 18.02.2021